Buscador de agasallos

Busca por prezo, idade e tipo de proposta

Pechar

0 €
+200 €


0 anos
+18 anos


Produto

Inicio » Catálogo » História da Dança Contemporânea na Galiza
Difundir o artigo en Cabozo

História da Dança Contemporânea na Galiza


História da Dança Contemporânea na Galiza
Autor
Afonso Becerra
Ano
2021
Referencia
978-84-16545-52-0
ISBN
978-84-16545-52-0
Idade
De 14 a +18 anos
PVP rec.
15,00 €
Valoración
0 puntos

História da Dança Contemporânea na Galiza

Eis a primeira história da dança na Galiza. Um exercício de recuperação parcial da memória de uma das artes mais efémeras e difíceis de narrar, desde os seus primórdios até 2020, com o foco no seu período de eclosão e esplendor.

Contar a dança não é uma tarefa simples, para não dizer impossível, mas, como tudo o que é imprescindível na vida, necessita de ser contada. Ninguém poderia conceber uma vida sem dança, e também não se pode conceber uma cultura sem a arte da dança. Aliás, escrever a sua história é um exercício de justiça para com as heroínas e heróis que decidiram dedicar-lhe a vida, num contexto de extrema dificuldade. Nesta história, centramo-nos na dança contemporânea, que é a mais livre e heterodoxa de todas as modalidades e estilos. Aquela que, portanto, melhor pode expressar a criatividade de um povo. A galega é especialmente poemática, dentro de um efervescente ecletismo. Quer mais concetual, quer mais acrobática e circense ou com o pé no tradicional, a dança contemporânea galega nunca renuncia ao existencial e à ligação à terra. Habituada ao adverso, o seu vitalismo é irredutível.

Afonso Becerra. Dramaturgo e encenador. Doutor em Artes Cénicas pela UAB. Graduado em Arte Dramática pelo Institut del Teatre de Barcelona. Como ensaísta publicou O ritmo na dramaturxia (2005), Dramaturxia. Teoría e práctica (2007), Roberto Vidal Bolaño e o xogo do teatro (2012) e Confio-te o meu corpo. A dramaturgia pós-dramática (2018). Publicou as peças teatrais Agnus atris (2002), Crio-Xénese (2007), Dramatículas (2010) e Textículos dramáticos e posdramáticos (2014). Prémio Álvaro Cunqueiro para textos teatrais da Junta da Galiza 2001. Prémio Maria Casares à Melhor Versão Adaptação Teatral 2016. Prémio de Honra do Festival do Teatro Galego 2020. Menção Honrosa no Prémio Internacional de Jornalismo Carlos Porto 2019 do Festival de Almada (Portugal, 2020). Docente na Escola Superior de Arte Dramática da Galiza. Diretor da Revista Galega de Teatro.



Onde conseguir esta proposta

Livrarias da Galiza e Portugal

Loja Através | Editora